BIG News
Home / Biblioteca BIG / Livro: Gerenciamento do Tempo em Projetos

Livro: Gerenciamento do Tempo em Projetos

Determinar a programação de um projeto não é uma atividade simples. Na verdade, é uma combinação de arte e ciência”. Segundo os autores, a ciência se revela ao determinar onde no diagrama da rede do projeto está o caminho crítico, quanto de folga existe nas atividades não-críticas, na definição dos períodos de trabalho, tanto do projeto como de cada recurso individualizado, etc. Já na questão relativa à arte que os autores mencionam é, na prática, garantir que com toda a incerteza inerente a projetos, o cronograma, ainda sim, seja exeqüível. Embora tenhamos diversas técnicas para construí-lo, o desafio é buscar um jeito de executar as diferentes atividades de uma forma paralela, fazendo o melhor uso dos recursos disponíveis para que então seja possível completar o projeto no menor prazo, custo e qualidade. Para a maioria dos gerentes de projeto o esforço maior está na arte e não na ciência, pois o resultado só será bom se no momento exato da atribuição de recursos às atividades, tudo esteja sincronizado.

É curioso mencionar que, muitas vezes, gerenciamento de projetos é confundido com gestão de ferramentas. Muitas empresas começam a investir em sofisticadas ferramentas de software para controle de cronograma e se dizem preparadas para gerenciar projetos. Não há nada de errado na iniciativa de investir em ferramentas de planejamento e controle, mas há uma grande subutilização das funcionalidades oferecidas por estas ferramentas por parte dos profissionais que gerenciam as durações dos projetos. De nada adianta a melhor ferramenta sem o devido processo e o devido treinamento conceitual do que é gerenciamento de tempo em projetos.

Gerenciamento do tempo em projetos está ligado a todas as outras áreas de gerenciamento de projetos. É fácil entender a relação que gerenciamento do tempo tem com outras áreas. Mas ao mesmo tempo é difícil entender como em muitos casos gerentes e equipes de projeto geram cronogramas inteiros diretamente, digitando atividade por atividade em um software de gerenciamento de projetos, sem antes terem considerado um conjunto de variáveis que irão influenciar a duração das atividades com o respectivo inter-relacionamento, resultante da metodologia de execução e as restrições impostas pelos entregáveis do projeto. É justamente com esta visão de dependência e interligação com diversas áreas de planejamento e controle que os autores procuram oferecer este livro, reconhecendo que por pressões do próprio mercado, muitas vezes esta abordagem se torna muito difícil. Ainda mais na chamada “era da velocidade e da mudança”. O planejamento e o controle muitas vezes cedem ao improviso. O ritmo com que propostas têm que ser geradas e respostas têm que ser dadas, muitas vezes, leva uma equipe a confundir plano de projeto com cronograma. Ou mesmo, de gerar um plano insuficiente, ou plano nenhum, pressionado por seu cliente interno ou externo.

O gerenciamento do tempo vai desde a definição de atividades, seqüênciamento, definição de recursos por atividade, estimativa de duração e montagem até o controle do cronograma propriamente dito. Os autores procuraram identificar cada etapa do planejamento do tempo, dando uma visão detalhada de cada processo. Sempre que possível, os exemplos práticos foram utilizados, demonstrados através de ferramentas de gerenciamento de projetos, de forma a facilitar o entendimento do conceito.

O livro foi dividido em oito capítulos, desde como funciona o processo de definição de atividades a partir de um escopo previamente combinado até tópicos avançados em gerência de tempo como corrente crítica e análise de valor agregado.

Autores: André B. Barcaui; Danúbio Borba; Ivaldo M. da Silva; Rodrigo B. Neves.
Notas e Referencias

Este livro faz parte da bibliografia básica utilizada ao longo do MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV e a publicação original desta resenha você encontra aqui.

Você ainda pode ler todas as resenhas dos livros estudados nas demais disciplinas, além de outros títulos complementares e bem interessantes junto com alguns TCC  consultando a Biblioteca BIG.

Boa leitura e não esqueça de deixar o seu comentário e sugestões! 

Comentários

comentário(s)

Sobre Carlos Galassi

Arquiteto formado pela FAU/UFBa, possui especialização (MBA) em Gerenciamento de Projetos na FGV. Tem ampla experiência na implantação, gerenciamento e manutenção predial de empreendimentos de grande porte da Construção Civil, já tendo desempenhado estas atividades fora do Brasil. Além de Desenvolvedor e Editor do BIG, atua como Voluntário no PMI Capítulo Bahia como Diretor de Comunicação e Marketing e é sócio da OCA Solutions, empresa de consultoria empresarial.

Confira também

Artigo: BMW and Brazilian Federal Goverment: Enhancing the automotive industry regulatory environment

Artigo do Professor Rodrigo Navarro em conjunto com os também professores André Valle e Murilo Dias, …

Um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *