BIG News
Home / Projetos e Construção / Materiais e Tecnologia / Uma revolução na arquitetura

Uma revolução na arquitetura

Uso de novos produtos ou mistura de materiais existentes são a tendência atual, sobretudo no que se refere às tecnologias sustentáveis. Isso muda a concepção dos empreendimentos.

As transformações tecnológicas e na área da sustentabilidade na arquitetura têm sido significativas ao longo dos anos. Com tantas modificações e inovações, é impossível apreciar a arquitetura com os mesmos olhos do passado. Os anos passaram e diversas empresas que trabalham com arquitetura investiram na modernização dos meios de produção. “Não há nada mais moderno do que a construção que utiliza maior número de materiais sustentáveis. Hoje em dia a preocupação com o meio ambiente é algo que não tem mais volta. As pessoas já estão bem conscientes e creio que o mercado está ávido por produtos cada vez mais sustentáveis”, conta a arquiteta Gislaine Garonce.

A mistura de materiais e o uso de matérias-primas são uma tendência crescente, principalmente no quesito tecnologias sustentáveis. “Um exemplo claro é o Prêmio Pritzker deste ano, uma espécie de Prêmio Nobel da arquitetura, em que o arquiteto Wang Shu usou o bambu reciclado e concreto”, exemplifica Francine Agra, gerente regional de Incorporação da Cyrela Brazil Realty.

Com o uso da automação, tecnologias existentes e inéditas devem se aprimorar cada vez mais. O uso de diferentes estilos e etnias em um mesmo ambiente, cores e surrealismo nas peças formam algumas tendências apresentadas no Salão do Móvel de Milão. “No paisagismo, o landscape associado ao conforto do usuário também tende a se superar cada vez mais. Na arquitetura de interiores, peças com versatilidade e multifuncionais”, cita Francine. Nesse novo mundo de inovações e criações, beleza e preservação do meio ambiente caminham juntas. De muitas formas, os arquitetos procuram atuar e fazer a diferença na elaboração de seus projetos ou planejamentos de uma construção. Há arquitetos que têm seus trabalhos mais voltados para a parte de interiores. Mas tem também os que atuam em toda uma obra. E quando isso acontece, sua relação com a construção é bem maior. Arquitetos constantemente estão trabalhando em novos projetos, tentando inovar e fazer a diferença em suas criações. Com ou sem interferências dos clientes, os profissionais da prancheta põem em prática toda sua criatividade e trazem, a cada ano, novidades para o mercado. Os projetos são bem diferentes, mas sempre criativos e cheios de novidades interessantes.

Preservação

Hoje as pessoas estão muito voltadas para a arquitetura sustentável. A preocupação com o meio ambiente é constante, o que é excelente. Sinal de que as pessoas estão sendo despertadas a preservar. “A grande novidade diz respeito a novos materiais sustentáveis, automação, aquecimento solar e, sem dúvida, a tecnologia dos produtos que estão constantemente sendo lançados no mercado nacional”, informa a arquiteta Gislaine Garonce.

Materiais sustentáveis

O gosto do cliente na criação é essencial para que tudo saia bem. Atualmente, além de sustentabilidade, outro pedido importante são as áreas de lazer. Essa demanda aumenta por questão de segurança. “Os clientes estão pedindo muito mais áreas de lazer em casa por questões de segurança e prazer de receber”, analisa o arquiteto Egito Souza.

A arquiteta Gislaine Garonce diz que a grande demanda é pela utilização de materiais que não exijam muita manutenção e tenham maior durabilidade.

Outro fator é o uso de produtos sustentáveis. “Produtos como lâmpadas de led, aproveitamento da água da chuva e vasos sanitários estão cada dia mais solicitados. Outra demanda é por automação, sistemas de alarmes e tecnologias para projetos mais seguros”.

Na visão da gerente regional da Cyrela, as pessoas desejam conforto, praticidade, tranquilidade, em contraponto à correria do dia a dia. Ela cita o Vega Luxury Design Offices como um caso nesse sentido. O uso do branco na fachada, refletindo luz na paisagem e paz, espelhos d’agua transmitindo conforto térmico, painéis de vegetação transmitindo aconchego, automação nos espaços de lazer sócias e os serviços oferecidos falam diretamente com o cliente.

A publicação original você encontra aqui.

Comentários

comentário(s)

Sobre Carlos Galassi

Arquiteto formado pela FAU/UFBa, possui especialização (MBA) em Gerenciamento de Projetos na FGV. Tem ampla experiência na implantação, gerenciamento e manutenção predial de empreendimentos de grande porte da Construção Civil, já tendo desempenhado estas atividades fora do Brasil. Além de Desenvolvedor e Editor do BIG, atua como Voluntário no PMI Capítulo Bahia como Diretor de Comunicação e Marketing e é sócio da OCA Solutions, empresa de consultoria empresarial.

Confira também

Legislações sustentáveis

Em terceiro lugar no ranking mundial, o Brasil é uma das nações mais avançadas em quantidade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *